Polícia prende quadrilha que extraía areia em área de proteção ambiental

Após informações do Disque-Denúncia, inteligência do Comando de Polícia Ambiental prendeu 23 em três areais em Seropédica

Por O Dia

Rio - Policiais do Comando de Polícia Ambiental (CPAM) realizaram uma operação e prenderam, na manhã desta quarta-feira, 23 pessoas de uma quadrilha que estava desmatando e construindo areais em área de proteção ambiental na região de Seropédica, na Baixada Fluminense. 

Polícia prendeu 23 pessoas que estavam desmatando e construindo areais em área de proteção ambiental%2C em Seropédica%2C Baixada FluminenseDivulgação

Após informações repassadas pelo Disque-Denúncia, o serviço de inteligência do CPAM mapeou e investigou os crimes cometidos na região de Campo Lindo. Com todos os dados em mãos, os policiais realizaram a operação para desativar as atividades e prender quem trabalhava irregularmente. Três areais foram construídos na área e mais de 20 caminhões foram apreendidos, além de equipamento para a separação da areia da água e várias bombas de sucção de areia. 

Quadrilha atuava em Seropédica e destruía Área de Proteção AmbientalDivulgação

A investigação do setor de inteligência durou cerca de um mês. Policiais ainda realizam varredura no local e outros areias podem ser encontrados, assim como outras pessoas podem ser presas.A ocorrência será registrada na Delegacia da Polícia Federal (DPF) de Nova Iguaçu.

Últimas de Rio De Janeiro