Polícia Militar realiza operação no morro do São João, no Engenho Novo

Policiais de UPP na Zona Norte são treinados pelas equipes do Comando de Operações Especiais, como Bope e BPChoque

Por O Dia

Material apreendido em operação no São JoãoDivulgação

Rio - A operação realizada pelo Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar no morro do São João, no Engenho Novo, na manhã desta segunda-feira, já prendeu duas pessoas e apreendeu dois aparelhos de telefone celular, dois rádios transmissores, dois carregadores de rádio, papelotes de maconha e de cocaína, além de pedras de crack.

Em razão da operação, segundo a Secretaria Municipal de Educação, alunos de uma escola e de uma creche na região estão sem aula nesta manhã, sendo 368 alunos afetados nas duas unidades. A secretaria disse que o conteúdo perdido será reposto.

Nos próximos dias, os policiais do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) irão permanecer na comunidade, realizando ações de combate ao tráfico de drogas e monitoramento. Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) São João participam nesse período de treinamentos com as equipes que integram o COE: o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), o Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), o Batalhão de Ações com Cães (BAC) e o Grupamento Aeromóvel (GAM).

De acordo com a PM, o trabalho, que ocorre em parceria com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), faz parte de uma série de ações de realinhamento operacional das UPPs. Nesta primeira etapa, cerca de 200 policiais que atuam no São João receberão instruções de técnicas de abordagem, conduta de patrulha, autoproteção nas áreas de atuação, uso de armamento e primeiros socorros. Após esse período, os PMs retornam para a comunidade.

Segundo o comando da Coordenadoria de Polícia Pacificadora, o objetivo é que todos os policiais lotados nas UPPs participem deste treinamento.


Últimas de Rio De Janeiro