Disque-Denúncia lança cartaz de acusados de matar turista alemão

Fred Nietenf, 51, curtia o Carnaval no Rio e morreu após ser esfaqueado em tentativa de assalto na Uruguaiana

Por O Dia

Rio - O Disque-Denúncia oferece recompensa de R$ 2 mil informações que levem ao paradeiro de André Luiz Barcelos de Oliveira, o Orelha de Vaca, e Willian Vieira dos Santos, mais conhecido com Buiu ou Xixi. Ambos são acusados de matar o turista alemão, Fred Nietenf, de 51 anos, e ferir a golpes de facadas a sua mulher, Sybelle Jurth, de 52 anos.

Leia: Mulher de alemão identifica assaltante que esfaqueou o marido no Centro

O crime ocorreu durante uma tentativa de assalto, na terça-feira de Carnaval, na Rua Uruguaiana, no Centro do Rio. O turista não resistiu aos ferimentos e morreu enquanto era operado no Hospital Municipal Souza Aguiar , após ser esfaqueado no peito.

Recompensa é oferecida por informações que levem à captura de André Luiz Barcelos de Oliveira%2C o Orelha de Vaca%2C e Willian Vieira dos Santos%2C o Buiu ou XixiDivulgação

André de Oliveira, o Orelha de Vaca, é acusado de fazer parte de uma quadrilha que age em Santa Teresa e no Centro. Ele também é procurado por ter liderado o assalto ao Cardeal Arcebispo do Rio Dom Orani Tempesta, em setembro de 2104. Dom Orani, foi assaltado na Estrada do Sumaré, por bandidos armados, quando seguia em direção ao bairro da Gloria. Também estavam no veículo o motorista, um fotógrafo e um seminarista.

Leia mais: Sob a mira de pistola, Dom Orani perdoa assaltantes

Orelha, também foi flagrado, por câmeras de segurança, em outro crime. Em 15 segundos, ele seu comparsa, roubaram uma vítima na portaria de um prédio em Santa Teresa. Vários mandados de prisão por diversos crimes já foram expedidos contra o acusado, que também possui passagens na Polícia por roubo a pedestres na região do Centro e de Santa Tereza.

Todas as informações sobre os criminosos devem ser encaminhadas ao Departamento de Homicídios do Rio. Quem tiver alguma informação a respeito da localização e paradeiro dos criminosos deve denunciar, enviando uma mensagem de texto, vídeo, áudio ou fotos para o WhatsApp do Portal dos Procurados (21) 96802-1650 ou por meio da Central Disque-Denúncia, no (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177, para quem estiver fora da capital. O anonimato é garantido.

Últimas de Rio De Janeiro