Justiça manda Ampla restabelecer energia em Niterói no prazo de 6 horas

De acordo com a decisão, em caso de descumprimento, concessionária poderá ser multada em R$ 5 mil

Por paloma.savedra

Rio - A Justiça do Rio obrigou a Ampla a restabelecer a energia elétrica em Niterói, no prazo de seis horas nas áreas urbanas, em casos de interrupção que não tenham ocorrido por culpa do consumidor. Nas áreas rurais, o restabelecimento deve ser no prazo de nove horas. A concessionária terá ainda que apresentar em Juízo o número de equipes de emergência disponível para atender a cidade de Niterói.

Bairros de Niterói ficam 24 horas sem luz e lojistas calculam prejuízos

A decisão foi da 8ª vara cível de Niterói, que concedeu liminar a pedido do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ). Em caso de descumprimento, a empresa poderá ser multada em R$ 5 mil. O MP ajuizou ação civil pública, com pedido liminar, após ter recebido denúncias da população, em razão do colapso do sistema, que deixou diversas residências sem luz por período superior a 20 horas, causando transtornos aos usuários que já vinham arcando com uma tarifa elevada.

O promotor Augusto Lopes, da Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Consumidor e Contribuinte do Núcleo Niterói, pede que a população continue informando ao Ministério Público as ocorrências de falta de Luz, com os registros junto à Ampla. As comunicações podem ser feitas pelo sistema da Ouvidoria no site do MPRJ ou por telefone pelo número 127.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia