MP exige melhorias no Jardim Zoológico

Verba para reformas não foi liberada pela Prefeitura, diz Fundação RioZoo

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - O Ministério Público Federal emitiu um relatório exigindo melhorias urgentes no Jardim Zoológico do Rio. A Fundação RioZoo tem um prazo de 30 dias para apresentar soluções para as inadequações no espaço da Quinta da Boa Vista apontadas pelo órgão.

A vistoria, que aconteceu no início de fevereiro, descreve a atual situação do zoológico que interditou diversos espaços utilizados pelos mais de dois mil animais que vivem ali, por falta de manutenção. Até o famoso “viveirão” de pássaros, que permitia a a interação com o público através de uma passarela protegida por telas, teve que ser isolada devido ao nível de oxidação das grades.

Segundo o Zoológico do Rio, apesar de possuir um projeto executivo de reformas orçado em R$ 8,5 milhões elaborado pela RioUrbe desde agosto de 2014, não foi liberada verba pela prefeitura para executá-lo neste ano. Em nota, a assessoria da prefeitura informou que não foi comunicada oficialmente da ação Ministério Público Federal, mas que vai analisar todas as exigências do órgão, quando notificada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia