Homem e mulher são presos acusados de matar a filha com uma barra de ferro

Crime ocorreu em Campo Grande no sábado. Mulher foi morta na frente do filho de 8 anos

Por O Dia

Rio - O pai e a madrasta de uma mulher de 25 anos foram presos nesta terça-feira, sob acusação de matar a jovem usando barra de ferro e cabo de vassoura. A técnica Pamela Santos da Silva morreu na presença do filho, um menino de oito anos, sábado, em Campo Grande.

Waldemiro e Clarisse são acusados do homicídio da filha Pamela Santos da Silva%2C assassinada com uma barra de ferroCarlos Moraes / Agência O Dia

Segundo a Polícia Civil, Waldemiro da Silva, de 60 anos, e Clarisse Rodrigues dos Santos, de 41, estavam escondidos na casa de um parente dele no Jardim América e vão responder por homicídio qualificado. Segundo o delegado Hilton Alonso, da 35ª DP (Campo Grande), o casal se mudou para a casa de Pamela há seis meses. Poucos depois, começaram as brigas e as discussões. A vítima, inclusive, chegou a registrou queixa na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam).

Namorado da vítima%2C Ismael disse que sogro ainda debochou deleCarlos Moraes / Agência O Dia

“No dia do crime, a Pamela reclamou do barulho e das palavras de cunho sexual emitidas pelo casal dentro do quarto. Waldemiro não gostou e bateu na filha com um cabo de vassoura e uma barra de ferro nas costas dela. Enquanto ele batia, Clarisse chutava e socava o rosto da enteada”, comentou o policial civil. Namorado de Pamela, Ismael Carlos chamou o sogro de covarde, na 35ª DP. “Ele riu, debochando”, disse Ismael.


Últimas de Rio De Janeiro