Lutador é acusado de agredir ex-mulher

Ela levou golpes no rosto, onde sofreu fratura da parede orbital da face

Por O Dia

RIo - A dona de casa Gisele Freitas, de 31 anos, acusa o ex-marido — que é faixa marrom de caratê — de tê-la espancado na frente dos filhos, de 8 e 12 anos, quinta-feira. Ela, que fez desabafo no Facebook, teve alta nesta terça-feira à noite no Hospital das Clínicas de Jacarepaguá.

Ela levou golpes no rosto, onde sofreu fratura da parede orbital da face. “Ele é um monstro. Tenho nojo dele. Voltei para casa, mas não tenho coragem de olhar nos olhos dos meus filhos. Eles estão na casa do tio. Ainda estou muito abalada”, disse Gisele, que diz ter sido agredida com socos e tapas pelo ex-marido, com o qual conviveu por 16 anos. “No último mês, quando pedi a separação, ele mudou. Ficou agressivo e passou a quebrar objetos dentro de casa.”

Ainda segundo a vítima, segunda-feira, ele teria enviado mensagem de celular dizendo que ia ‘resolver na Justiça da melhor forma possível’. Segundo a polícia, foi aberto inquérito na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá por lesão corporal e ameaça. O acusado não foi localizado pelo DIA para comentar a agressão.

Últimas de Rio De Janeiro