Motorista é afastado de função após acidente que deixou jovem internada

Profissional ficará fora do serviço até que inquérito policial seja concluído; Jessica Ferri segue no CTI em estado gravíssimo

Por O Dia

Rio - O motorista da linha ônibus 562 (Duque de Caxias - Freguesia), da Viação Vera Cruz,  que conduzia o veículo do qual Jessica Ferri de Souza , 24 anos, acabou lançada após uma brusca frenagem, na Praça Seca, Zona Oeste, foi afastado da função até que o inquérito policial seja concluído, informou nesta quarta-feira o Departamento de Transportes Rodoviários do Estado (Detro). A jovem segue internada em estado gravíssimo no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. 

O órgão, ligado à Secretaria de Estado de Transportes (Setrans), disse acompanhar o caso para saber quais serão as providências adotadas pela empresa de ônibus com o objetivo de prestar assistência à vítima e esclarecer o que for necessário sobre o acidente. No entanto, segundo parentes de Jessica, ainda não houve nenhuma tentativa de contato da Viação Vera Cruz com os familiares. 

Também nesta quarta-feira, o DIA entrou em contato com a empresa de ônibus Vera Cruz. Em resposta, foi dado o número do escritório de advocacia que poderia esclarecer questionamentos da reportagem. No entanto, o advogado indicado pela empresa não foi encontrado para comentar o caso. 

Segundo informações atualizadas da 28ª DP (Campinho), as investigações seguem em andamento. O motorista, inclusive, já teria sido ouvido na delegacia e o marido da vítima, Maxwell de Souza, foi chamado para prestar depoimento. Além disso, testemunhas estão sendo chamados para depor e a Polícia Civil espera por imagens do circuito interno do ônibus.

Após a conclusão do trabalho da Polícia Civil, comprovadas as responsabilidades, serão aplicadas as penalidades cabíveis, informou o Detro.  


Últimas de Rio De Janeiro