Vazamento de água alaga ruas de Botafogo

Estouro de tubulação transformou Rua Marquês de Olinda em rio

Por O Dia

Rio - O estouro de uma tubulação de água da Cedae no entroncamento das ruas Mundo Novo, Marquês de Olinda e Assunção, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, provocou pelo menos o alagamento de duas vias do bairro, na madrugada desta quarta-feira. O local é um dos acessos ao Morro Dona Marta. A Rua Marquês de Olinda se transformou em um rio. Um trecho da via foi interditado, já que havia risco de afundamento do asfalto.

De acordo com o segurança de um edifício, o estouro ocorreu por volta das 2h. A água descia em abundância pela Rua Marquês de Valença e desembocava na Rua Muniz Barreto, uma das principais do bairro. Trechos das duas vias ficaram alagados, com água empoçada na calçada da porta de alguns edifícios. Com a pressão da água, trechos do asfalto romperam. Somente às 4h30, a primeira equipe da Cedae chegou ao local.

Rua Marquês de Olinda%2C em BotafogoOswaldo Praddo / Agência O DIA

Segundo o comerciante Antonio Gomes Dias, de 53 anos, e há 35 morando na Rua Mundo Novo, vazamentos são comuns em pelo menos três pontos da Rua Marquês de Olinda.

"Há dois anos ocorreu um neste mesmo ponto e com desperdício de água até maior do que este. Devo ter prejuízo, já que vão ter que fechar a água para fazer o reparo. Eles pedem para a gente economizar água, mas eles mesmos não fazem o serviço de manutenção", criticou Antonio, dono de um bar há três anos, mas que foi garçom em outro na Rua Marquês de Valença por 27 anos.

De acordo com o Centro de Operações, técnicos da Cedae estão no local. A Rua Marquês de Olinda está interditada entre as ruas Bambina e Assunção. Agentes da CET-Rio e da Guarda Municipal orientam os motoristas.

Últimas de Rio De Janeiro