Vila Olímpica da Maré fecha as portas devido a tiroteio em conjunto de favelas

Secretaria municipal de Esportes e Lazer disse que atividades estão suspensas até a 'normalização do ambiente'

Por O Dia

Rio - A Vila Olímpica da Maré foi obrigada a fechar as portas na manhã desta quinta-feira devido a um titoreio no conjundo de favelas da Zona Norte. Por meio de nota, o secretário municipal de Esportes e Lazer do Rio, Marcos Braz, informou que as atividades na unidade foram temporariamente suspensas até a "normalização do ambiente".

Em nota a Força de Pacificação, responsável pela Maré, disse que apoiou uma operação da 21ª DP (Bonsucesso) no local, em cumprimento a "vários mandados judiciais", mas não informou com mais detalhes o ocorrido. 

De acordo com a Polícia Civil, a operação teve como objetivo cumprir mandados de prisão. Participaram agentes do Departamento Geral de Polícia da Capital e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e foram apreendidas uma réplica de fuzil e drogas. 

Últimas de Rio De Janeiro