Polícia prende três homens que assaltavam pizzaria na Zona Oeste

Um criminoso fugiu pelo bueiro e continua foragido

Por O Dia

Rio - Três criminosos que praticavam um assalto em uma pizzaria da Zona Oeste do Rio foram presos na tarde deste domingo durante patrulhamento da equipe do 18º BPM (Jacarepaguá). 

Por volta das 9h da manhã, quatro bandidos renderam funcionários da pizzaria Papizzo, em Jacarepaguá. O 18ª BPM (Jacarepaguá) estava fazendo a ronda do local quando se depararam com o assalto. Ao perceberem a movimentação, dois bandidos fugiram pela mata e foram presos e dois entraram em um bueiro.

Somente por volta das 14h30, Genilsson Santana de Jesus, de 20 anos, se rendeu com a arma. O irmão Thauan Geraldo, 19 anos, continua foragido. Homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) foram chamados ao local. Um PM conseguiu entrar no bueiro, mas não conseguiu achar o criminoso. Segundo ele, a água estava até o pescoço.

A mãe dos criminosos, Sulemar Santana, de 43 anos, está no local. Segundo ela, o acusado tem problema de coração. "A polícia jogou mais de 15 bombas na galeria. Ele deve estar desacordado", disse.

A Polícia Militar deixou uma viatura no local, na saída da Linha Amarela, na Avenida Geremário Dantas, mas fechou os bueiros. O tenente Nicolás Carvalho afirmou que a ação foi realizada para que o criminoso se rendesse.

"A PM não omitiu socorro. Nós cercamos todas as galerias do entorno. Jogamos as bombas de um lado para ver se eles se rendiam. Um saiu. O outro não achamos, pois não temos noção do mapa da galeria. Ele pode ter saído há muito tempo", informou.

Os bandidos roubaram celular e dinheiro dos funcionários do restaurante. A polícia conseguiu apreender duas motos, uma pistola 9mm e dois revólveres calibre 48. Mais de 10 vítimas prestaram depoimento na 32ª DP (Taquara). 


Últimas de Rio De Janeiro