Família aguarda liberação do corpo de idosa morta por tiro em Del Castilho

Maria Helena dos Santos era deficiente visual e estava na porta de casa quando foi atingida por bala perdida. Polícia investiga

Por O Dia

Rio - O corpo de Maria Helena dos Santos, de 63 anos, permanece no Instituto Médico Legal, onde passa por exames de necrópsia. A idosa, que era deficiente visual, foi atingida no tórax por uma bala perdida na noite deste domingo, quando estava sentada em uma cadeira de praia na porta de sua casa em Del Castilho, na Zona Norte.

A Divisão de Homicídios investiga o crime. Maria Helena foi levada ainda com vida por vizinhos para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas pouco depois morreu. Ela mora na Rua Genésio de Barros, por volta das 19h10. A via fica perto da Favela Bandeira 2.

“Como é que pode minha mãe, sem enxergar nada, ser atingida por um tiro na porta de casa?”, indagou o filho dela, que se identificou apenas como Junior, na porta do Hospital Salgado Filho, no Méier, para onde ela foi levada em busca de atendimento.

Últimas de Rio De Janeiro