Leitores relatam tumulto e falta d'água em Clínica da Família na Zona Norte

Pacientes teriam ficado insatisfeitos com demora para coleta de sangue na unidade da Prefeitura do Rio em Acari

Por O Dia

Rio - Moradores da Zona Norte que dependem da Clínica da Família Marcos Valadão, em Acari, precisaram ter muita paciência nesta segunda-feira. No WhatsApp do DIA, pipocaram reclamações sobre o atendimento na unidade da Prefeitura do Rio, que teria ficado comprometido devido a problemas no ar-condicionado. Leitores também relataram falta d'água no local e um princípio de tumulto causado pela demora para ser feita a coleta de sangue de pacientes que aguardavam em jejum para realização do exame.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que, apesar do problema técnico com o ar-condicionado, ocorrido das 7h às 11h, o atendimento não foi prejudicado. "O conserto foi providenciado e o sistema de ar-condicionado funciona em sua capacidade plena", disse a direção da unidade municipal, em nota. "Não há falta de fornecimento de água", ressaltou a SMS.

Ainda de acordo com a secretaria, os 12 pacientes que compareceram à unidade para coleta de sangue conseguiram ser atendidos "normalmente", entre 7h e 8h, horário destinado ao atendimento no setor.

Clínica da Família Marcos Valadão%2C em AcariDivulgação (arquivo)


Últimas de Rio De Janeiro