CCR está na disputa de nova concessão da Ponte Rio-Niterói

Vencedora será conhecida em 16 de abril

Por O Dia

Rio - Nesta terça-feira foram conhecidas as seis empresas que disputam a exploração da Ponte Rio-Niterói. As empresas Consórcio Ponte, formado pelas empresas CCR S.A. e CIIS — companhia de investimentos em infraestrutura e serviços; Ecorodovias Infraestrutura e Logística S.A.; além da TPI — Triunfo participações e investimentos S.A.; CS Brasil Transportes de Passageiros e Serviços Ambientais Ltda.; Infra Bertin Participações S.A.; Consórcio Nova Guanabara, formado pelas empresas A. Madeira Indústria e Comércio Ltda., Coimex Empreendimentos e Participações Ltda., Urbesa Administração e Participações Ltda. e Rio do Frade Empreendimentos Ltda., foram divulgadas como as que estão no páreo pela concessão de 30 anos da Ponte.

A empresa que sair vencedora da licitação da nova concessão terá que cumprir uma série de exigências, como as que preveem construções de um viaduto para ligar a Ponte à Linha Vermelha e um mergulhão sob a Praça Renascença, em Niterói.

A vencedora do leilão, que se realiza nesta quarta na BM&FBovespa, em São Paulo, será conhecida em 16 abril, passado os prazos de apresentação de recursos. O contrato de concessão deverá ser assinado em maio e a administração começará a valer em junho. A futura administradora deverá investir cerca de R$ 1,3 bilhão, ao longo de 30 anos. Das propostas entregues na última segunda-feira, vencerá aquela que oferecer a menor tarifa. O pedágio não vai poder ultrapassar os atuais R$ 5,20, neste ano.

Últimas de Rio De Janeiro