Pelas Ruas: Retrô Bazar

No próximo fim de semana rola, a partir de meio dia, mais uma edição do Retoke Bazar

Por O Dia

Rio - No próximo fim de semana rola, a partir de meio dia, mais uma edição do Retoke Bazar no Jardim Icaraí, Niterói. Esta é a terceira vez que o bairro recebe o evento, que acontece todo mês na Lapa e reúne cerca de 50 estilistas e marcas independentes. O tema desta edição será ‘Retrô’, com decoração e mimos vintage. Em parceria com a ONG Niterói Mais Humana, o evento vai receber roupas para doações. Por isso, gente, vai lá e desapega!  

NO PASSO DAS RUAS

Uns vêm das ruas de Luanda, Angola. Outros, das ruas do Rio. O encontro de bailarinos de kuduro com a turma do Dream Team do Passinho vai encerrar a noite de hoje do Back2Black, numa autêntica miscigenação de duas danças de rua. O grupo dos kuduristas é formado por quatro dançarinos – entre eles Manuel Kanza (foto) –, que vieram ao Brasil cursar a faculdade de dança Angel Vianna, prêmio ganho em um concurso em Angola, na qual também dão aulas de kuduro, afro house e hip hop.

O encontro de bailarinos de kuduro com a turma do Dream Team do Passinho vai encerrar a noite de hoje do Back2BlackDivulgação

MARÉ CHEIA

Palmas para os produtores do Coletivo João do Rio e sua Mostra Maré Cheia de Cinema. Em sua quinta edição, que será realizada na praia de Ponta Negra, em Paraty, agora na Semana Santa, conta apenas com dinheiro de campanha de crowdfunding. O projeto leva filmes brasileiros de curta e longa metragem a populações de localidades isoladas e de difícil acesso às comunidades caiçaras. Oficinas e brincadeiras completam as atividades, que são gratuitas e abertas para moradores e visitantes.

PAGODE DO BIRO

O clima é de quintal...a cerveja é em garrafa, a bom preço, além de caipirinhas e comidinhas de boteco. No repertório, de Paulinho da Viola a Fundo de Quintal, no gogó e na palma da mão. Além dos sambas de Rodrigo Carvalho, que comanda a roda. Esse é o Pagode do Biro, que acontece quinzenalmente, sempre às sextas-feiras, no Sindicato dos Fumageiros, na Tijuca. Hoje tem!

LÁ VEM PORTELA

Amanhã tem a primeira roda de samba acústica do ano, reiniciando o Portela de Asas Abertas, projeto que recebe sambistas de todo o Brasil. A de amanhã será em homenagem aos 92 anos da escola e terá como convidado o grupo Samba de Resistência. No repertório, sambas de quadra, sambas de terreiro, sambas-exaltação e sambas de enredo. Começa às duas da tarde.

CONFETES

‘Eu amo sound system’ vai ser um encontro histórico da moçada de todo o Brasil que curte a música da Jamaica e faz festa na rua. Haverá também mesa redonda sobre a cena sound nacional e mundial. Na sede do Bola Preta, a partir de 21h.

Nesta sexta, show Vai dar Samba, da cantora Lu Oliveira, a partir das 20h, no Rio Scenarium. Em seguida, Adilson da Vila e Velha Guarda Musical de Vila Isabel e Forró com o Trio Ustrês.

La Cumbia, a festa de rua que põe todo mundo pra dançar ao som da diversidade de texturas e ritmos latinos, volta dia 27 ao Arco do Teles. A Cumbia se originou na Guiné Equatorial, país da África Ocidental, e foi levada para o Caribe e para a Colômbia pelos africanos durante o século 17.

O Prêmio Camélia da Liberdade 2015, com o tema ‘Memória e Ancestralidade’, será entregue na quarta,em cinco categorias: Personalidades, Instituições de Ensino Poder Público, Veículos de Comunicação e Empresas.

A roda de samba comandada por Julio Estrela e o grupo Escangalha a Maçaneta, no Bar Semente, conta agora com a participação de Alaan Monteiro. É o filho dos bambas do samba Iracema e Wanderley Monteiro, na voz e no bandolim. Domingo, 22.

Domingo é dia de Bololô, encontro de amigos criativos, produtores, artistas e quem mais quiser chegar. O evento surgiu do desejo de se misturar e mostrar o que cada um sabe fazer. São exposições, culinária, música, brechó e muito mais. Na Casa 248, na Rua Pereira Nunes. É só chegar.

Coluna de Rita Fernandes


Últimas de Rio De Janeiro