Por adriano.araujo
Publicado 22/03/2015 02:50 | Atualizado 22/03/2015 02:52

Rio - Presidente regional do PT, Washington Quaquá vai propor no congresso nacional do partido, em julho, na Bahia, restrições para que filiados possam se candidatar a prefeito. Defenderá que o candidato tenha ao menos três anos de militância comprovada em partidos de esquerda ou em movimentos sociais.

A decisão foi motivada pela repercussão do caso envolvendo o prefeito de São Sebastião do Alto, flagrado quarta-feira recebendo propina. “Ele não tinha nenhum envolvimento na vida partidária. Hoje, apoia-se quem tem mais chance de vencer a eleição”, diz.

Você pode gostar