Dono de famoso cachorro-quente do Méier é morto a tiros na Zona Oeste

Antônio Carlos Pereira Allendorf, conhecido como Gaúcho do Cachorro-Quente, foi assassinado na porta de casa

Por O Dia

Rio - Dono do mais tradicional 'podrão' do Méier, na Zona Norte da cidade, Antônio Carlos Pereira Allendorf, conhecido como Gaúcho do Cachorro-Quente, foi morto a tiros na madrugada desta segunda-feira na Freguesia, em Jacarepaguá, na Zona Oeste. Ele foi assassinado na porta de casa, na Rua Tirol.

De acordo com o comando do 18º BPM (Jacarepaguá), a esposa de Gaúcho foi quem o encontrou baleado na porta de casa, após ouvir os disparos dados pelos criminosos. A Delegacia de Homicídios da Capital (DH-Capital) investiga o caso, mas ainda não deu maiores detalhes sobre as circunstâncias do crime. 

Dono do famoso Cachorro-Quente do Gaúcho%2C no Méier, Antônio Carlos Pereira Allendorf foi morto na porta de casa%2C na Zona OesteReprodução Youtube

Segundo a DH, foi realizada perícia no local e testemunhas estão sendo ouvidas para apurar com maiores detalhes de como aconteceu o crime. Também são analisadas câmeras de segurança presentes na região para tentar identificar quem matou o comerciante.

Gaúcho estava há cerca de 30 anos trabalhando na Rua Dias da Cruz, no Méier. Através das redes sociais, muitos lamentaram a morte do comerciante. "Cachorro Quente do Gaucho é um point do Meier. Lembro quando ele começou com uma Kombi branca em cima da calçada da Malharia Mena. (sic)."

"Vai deixar saudade...sempre foi muito educado e solicito. Quando levava meu menino ele sempre dava uma salsicha pra ele não ficar na vontade, visto que ainda não conseguia comer direito. Que Deus conforte a família", disse uma outra cliente do famoso cachorro-quente do Méier.

O corpo de Gaúcho é velado desde as 10h em uma capela do Cemitério do Caju, onde será enterrado às 13h, segundo informações de familiares postaram nas redes sociais. Patricia Allendorf, uma de suas filhas, fez um desabafo emocionado em sua conta no Facebook e agradeceu o carinho dos amigos e clientes de seu pai.

"Gaúcho pra muitos, a mim Antônio Carlos Pereira Allendorf, meu pai, o único homem que me deu um nome, o cara que com todos os seus defeitos sempre será meu pai! Te amo pai! Vai com deus... Um dia nos encontraremos e numa próxima vida, acertaremos tudo o que erramos nessa! Seja feliz pai! Nunca mais direi essa palavra, pai... Nossa como dói!"

Filha de Gaúcho faz desabafo emocionado no Facebook e posta foto antiga do paiReprodução Facebook


Últimas de Rio De Janeiro