Estação de trem do Engenho de Dentro entra em reforma para Olimpíada

A previsão de conclusão é até o final deste ano, e a estação não vai parar de funcionar durante as obras

Por O Dia

Rio - A SuperVia inicia, nesta terça-feira, a reforma da estação Engenho de Dentro, uma das seis que deverão atender aos padrões do COI para 2016. Segundo o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osório, o saguão de embarque será duplicado, a rampa de conexão com o Engenhão e o mezanino, ampliados, e a estação será 100% adaptada para deficientes físicos.

A ilustração mostra como ficará estação ao lado do Engenhão após as reformas para a OlimpíadaDivulgação

A previsão de conclusão é até o final deste ano, e a estação não vai parar de funcionar durante as obras. O projeto prevê seis elevadores — cinco para cada plataforma, e um externo, na Rua Amaro Cavalcanti —, rampas de acesso às plataformas e banheiros acessíveis. “A estação vai atender o dobro de passageiros (hoje recebe 13 mil por dia) e com mais conforto”, diz Osório. Também estão em obras Deodoro e São Cristóvão.

A SuperVia ainda terá de iniciar as reformas das estações Vila Militar e Ricardo de Albuquerque. De acordo com o secretário, essas duas intervenções vão começar depois que o COI estimar a demanda de passageiros. A única que está pronta para a Olimpíada é a do Maracanã. O investimento em todas as obras é de R$ 250 milhões.

Últimas de Rio De Janeiro