Por nicolas.satriano

Rio - É de Beatriz Rodrigues, de 17 anos, o corpo de jovem encontrada nas águas de canal, na Rua Conde de Linhares, em Oswaldo Cruz, Zona Norte, na manhã desta sexta-feira. O principal suspeito, segundo parentes, que foram ao Instituto Médico Legal (IML) nesta tarde, é um homem com quem Beatriz trocava mensagens desde o início de janeiro. Primo da vítima, Filipi Cardoso disse que o homem persuadiu Beatriz a mudar da academia que ela frequentava e, no dia em que o suspeito marcou de ir a um novo local para malhar, no dia 1º de abril, foi o dia que ela sumiu. Filipi disse que a família descobriu a conversa no celular de Beatriz, que ela deixou de levar para a academia depois de já ter perdido um aparelho. 

Ainda segundo o familiar da vítima, o suspeito pediu o endereço de Beatriz e disse que iria pegá-la de carro, um Renault Clio prata. Policias da Delegacia de Homicídios investigam o caso. A causa da morte, no entanto, ainda não foi esclarecida. 

Jovem foi convencida a trocar de academia e familiares não sabiamReprodução Facebook




Você pode gostar