Por felipe.martins

Rio - Só mesmo no Rio: Tiradentes vai ser ‘desenforcado’! Tudo começará com um novo julgamento do mártir inconfidente, na pele de Milton Gonçalves, por um júri muito especial, como o ministro da Cultura, Juca Ferreira, Teresa Cristina e Alfonsinho, no Salão Histórico do Antigo Palácio da Justiça. O cortejo pelo “desenforcamento” seguirá dali até a Praça Tiradentes, puxado pelo Bloco das Carmelitas e a Banda da Polícia Militar. O idealizador da brincadeira é José Rufino dos Santos.

O RIO NÃO MERECE

Sem roteiro, sem apresentador ou narrador, com cenário e figurino ultrapassados, fiquei morrendo de vergonha do show da Plataforma sexta passada. Tenho certeza de que japoneses, italianos e alemães, além das duas amigas peruanas que insistiram em me levar, só entenderam que aqui se dança samba. Elas não gostaram. Perceberam o descaso do único show para turistas – caro, inclusive – que os hotéis insistem em empurrar.

NOVAS BANDAS

Logo mais será dada a largada para o primeiro encontro das bandas do Rock Experience. Durante os meses de abril e maio, grupos serão selecionados a “experimentar” os palcos do local no Rio de Janeiro. Hoje serão as bandas Retrovirus, La Guerra (foto), Bruto Amor, Vinco, Emmet Brown, Brux, Jack B, Atitude Extrema e Cobber. A noite fecha com apresentação da Conexão Japeri, que acompanhou Ed Motta nos anos 90 e emplacou sucessos como Manoel e Vamos Dançar.

DIÁSPORA

Uma viagem pelos cinco continentes. A festa Diáspora vai ter música para além das fronteiras, geradas a partir da dispersão dos povos pelo mundo. Diáspora (que vem do grego clássico e significa dispersão) fala de deslocamento. O artista Furmiga Dub (foto), músico, DJ e produtor musical da Paraíba, vem com sua mistura de música nordestina e o que rola de mais dançante pelas ruas do mundo, entre trap, bass, ragga, dubstep, e sua famosa rabeca.

Furmiga mistura música nordestina e o que rola de mais dançante no mundoDivulgação

MISTÉRIO

Pra quem gosta de mistério, o Sofar Sounds Brasil faz edição especial no Rio, no próximo dia 12. A brincadeira é fazer um show em local secreto, só revelado 48 horas antes. Mesma coisa se dá com as atrações, conhecidas na hora. A única informação sabida é que serão três novos artistas da cena indie carioca. A inscrição é pelo site http://bit.ly/sofarabr2015 e, se o número de inscritos ultrapassar a capacidade do local, o sorteio será randômico, por um site.

Na sala de aula da turma de Bens Culturais da FGV, uma aluna, moradora de Vila Valqueire, contou: “Depois da chegada do BRT ao bairro, lá não tem mais bar, botequim ou restaurante. Agora só dá pub e bistrô”. A mudança na cena cultural daquela região vai virar tese.

Confetes

Eles estão nas paradas com a música ‘Fica’. Agora, vão se apresentar no Pagode da Piscina, em Bangu, num dos espaços mais ‘bombados’ da Zona Oeste. É o grupo Tá na Mente, hoje à noite.

Avisa o síndico! É amanhã a segunda edição do Samba Rock do Castelo, que vem de novo com a Banda Black Sambão. Um fim de tarde de muita música, suingue e alto astral. Nas ruas do Castelo, Centro do Rio, de graça.

Amanhã tem meditação da Lua Cheia, às 20h, na Praia do Diabo. Não é preciso ter experiência, pois será uma meditação guiada.
Leve sua canga, yoga mat, manta ou toalha para se sentar mais confortavelmente.

Uma raridade! Nos dias 14 e 15 será apresentado o mais antigo longa-metragem grego ‘As Aventuras de Vilar, peripécias do músico-mágico Mirka’. Terá ainda o luxuoso acompanhamento ao vivo do pianista Fábio Luz, tocando Ernesto Nazaré, Camille Saint-Saens, Villa-Lobos e Villani-Cortes.

Às terças do mês de abril, o cantor e compositor Moyseis Marques leva para o Semente, na Lapa, seu novo projeto ‘Made in Brasil’. Apresenta novas canções e rearranja antigas de seus últimos discos: ‘Pra Desengomar’ e ‘Casual Solo’.

Coluna de Rita Fernandes

Você pode gostar