Mais de 1.300 confirmam presença em protesto pela paz no Alemão

'Todos somos vítimas' diz convocação em rede social

Por O Dia

Rio - O "Coletivo Papo Reto" convocou um protesto neste sábado em favor das vítimas da violência no Complexo do Alemão. O início do ato está está marcado para as 10h, na entrada da Rua da Grota. Mais de 1.300 pessoas confirmaram presença na manifestação.

Segundo a página no Facebook, o grupo já começou a se reunir na Estrada do Itararé, mas por enquanto o trânsito é normal. Na rede social, é possível acompanhar a manifestação de pessoas que vão sair até mesmo de Niterói para apoiar a causa.

"Todos somos vítimas", publicou o Coletivo. "Convocamos as Igrejas, instituições, moradores, artistas, mídias comunitárias, moto táxis, agentes de saúde, enfim todos que desejam pedir paz pelo Complexo do Alemão! Divulguem e compareçam!"

Polícia Militar reprime protesto pacífico no Complexo do Alemão

Protesto pacífico acabou em confronto nesta sexta-feira no Alemão Foto%3A João Laet / Agência O Dia

Cerca de 300 pessoas que protestavam contra os sucessivos casos de violência que ocorreram no Complexo do Alemão, entre eles a morte de Eduardo Ferreira, de 10 anos, nesta quinta-feira, foram reprimidas pela Polícia Militar, na tarde desta sexta-feira, após tentarem fechar a Estrada do Itararé.

A passeata, que começou de forma pacífica na Rua da Grota, seguiu pela Itararé, onde os manifestantes tentaram diversas vezes fechar a via. O Batalhão de Choque da PM esteve no local com forte armamento não letal e letal. Os agentes chegaram a fazer uso de bombas de efeito moral para dispersar o protesto.

Últimas de Rio De Janeiro