Ex-baterista de Celso Blues Boy e Tim Maia vira morador de rua em Niterói

Moradores acusam Wigberto Rodrigues da Silva de agredir pedestres. Ele foi acolhido e levado para hospital psiquiátrico

Por O Dia

Foto de Wigberto em uma rua de Icaraí%2C em Niterói%2C tem sido compartilhada nas redes sociais%3B ele foi acolhido pela prefeitura e está no Hospital Psiquiátrico de JurujubaReprodução Facebook

Rio - Enquanto no passado o músico Wigberto Rodrigues da Silva era visto nos palcos de shows de Tim Maia e de Celso Blues Boy, hoje, ele é figura conhecida nas ruas de Niterói. O ex-baterista, que está com problemas psiquiátricos, se tornou morador de rua e foi acolhido, nesta quarta-feira, por equipe da prefeitura do município. Há ainda relatos de que ele chegou a agredir mulheres. Ele foi levado ao Hospital Psiquiátrico de Jurujuba. 

Moradores de Niterói contam que o músico costumava ficar pelas ruas do bairro de Icaraí, área nobre da cidade, tocando uma 'bateria imaginária' com pequenos cabos de vassoura. Afirmam ainda que Wigberto atacava pedestres, especialmente do público feminino. Ele daria tapas, empurrões e até socos. 

Depois de a população acionar a prefeitura, agentes das secretarias de Ordem Pública, Saúde e Assistência Social percorreram as ruas do município nesta terça-feira na tentativa de localizar o músico. Na manhã desta quarta-feira, guardas municipais o encontraram e o encaminharam para a 77ª DP (Niterói). Na unidade, as equipes das secretarias foram avisadas.

Segundo a Seop, "Wigberto estava calmo e aceitou prontamente acompanhar os guardas, que tiveram uma atenção especial ao caso". Profissionais da Saúde Mental também prestaram acolhimento ao morador de rua.

Para uma melhor abordagem, levaram um violão e após um primeiro atendimento, o músico foi encaminhado ao Hospital Psiquiátrico de Jurujuba onde está sendo avaliado e recebendo acompanhamento e tratamento necessário.

Últimas de Rio De Janeiro