Funcionários que operam elevadores da Uerj fazem novo ato

Trabalhadores estão sem receber pagamento e serviço parou. Enquanto isso, alunos e docentes têm que subir as escadas

Por O Dia

Rio - Os funcionários terceirizados que operam os elevadores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) fazem um novo protesto na instituição nesta terça-feira. Os trabalhadores cruzaram os braços nesta segunda-feira devido à falta de pagamento e o serviço só voltou a funcionar no fim da tarde.

Crise na Uerj: Funcionários que operam elevadores param por falta de pagamento

O problema não só afetou a categoria, como alunos, funcionários e docentes, que tiveram de subir os 12 andares de escada da universidade. Agora, eles fazem uma nova paralisação para o ato. O protesto ocorre no hall do queijo, como é conhecido na instituição, e mobiliza os funcionários e alguns alunos. Nesta segunda-feira, uma aluna se manifestou em favor dos trabalhadores e reclamou do descaso na universidade.

Funcionários que operam elevadores da Uerj comunicaram o novo ato por conta da falta de pagamentoReprodução Internet

"Nós, alunos da Uerj, ficamos indignados por tudo que está acontecendo com eles. Vemos todos os dias os ascensoristas dizendo que estão com dívidas em casa por causa disso. No Natal de 2014, muitos deles não tinham dinheiro nem para fazer sua ceia de Natal. Estudo no 12º andar que é mais ou menos 23 lances de escada para chegar lá em cima", disse a estudante. 

De acordo com a professora e diretora da Associação Docentes da Uerj (Asduerj), Juliana Fiuza, esse problema é sistemático e acontece desde o ano passado. "A direção da Uerj diz que não tem corte orçamentário, mas estão sem pagar os terceirizados. Semana passada, apenas dois dos elevadores estavam funcionando. Hoje, parou tudo. Não sei se a universidade vai conseguir manter as aulas. Além disso, há banheiros sem porta, sem água. Os funcionários da empresa terceirizada Inavele, que cuida da manutenção hidráulica, também estão sem receber o salário", contou.

Elevadores da Uerj não estão funcionando nesta segunda-feira Leitor WhatsApp O DIA (98762-8248)


Últimas de Rio De Janeiro