Homem morre baleado suspeito de ameaçar militares da Aeronáutica

Advogado tentou agredir agentes com uma faca e foi acabou sendo atingido no peito e no braço, segundo delegado da DH

Por O Dia

Rio - Um homem morreu baleado, na tarde desta terça-feira, na Barra da Tijuca, depois de supostamente ameaçar militares da Aeronáutica com uma faca. Segundo informações do delegado responsável pelo caso, um dos militares reagiu e atirou duas vezes no suspeito, no braço e no peito. O 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) foi acionado para a ocorrência, na Avenida Lúcio Costa.

Segundo informações de testemunhas, a vítima estaria em um quiosque na praia da Barra, na altura do Posto 4.  Em seguida, saiu do local dirigindo um carro e saiu novamente do veículo no retorno da Avenida Lucio Costa, sentido Recreio dos Bandeirantes. Com uma faca na mão, o homem tentou agredir pessoas que estavam no local e tentou entrar em prédios.

Em depoimento na Divisão de Homicídios, nove policiais militares da Aeronáutica que passavam pelo local, em motos, disseram presenciar a ação e tentar conter o homem, que teria reagido. Um primeiro tiro de advertência foi feito para o alto, mas o homem aparentava descontrole e seguiu na tentativa de esfaquear os agentes, contou o delegado da especializada. Ainda ameaçados, de acordo com o depoimento, houve então mais dois tiros que atingiram o suspeito no braço e no peito.

Últimas de Rio De Janeiro