Por paloma.savedra

Rio - O policial militar Raphael Barros morreu depois de ser baleado na Estrada dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, na tarde desta quinta-feira. O soldado , lotado no 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes), chegou a ser socorrido no Hospital Lourenço Jorge, na Barra, e depois foi transferido para o Hospital Central da PM, mas não resistiu. Ele veio a óbito na unidade. Raphael é o terceiro PM morto a tiros em dois dias.

Segundo a Polícia Militar, o soldado estava de folga e foi baleado na Estrada dos Bandeirantes, na altura da Estrada do Sacarrão. O caso foi registrado na 42ª DP (Recreio).

O PM foi atingido um dia depois que dois policiais também foram baleados no Rio e morreram. O subtenente Cleber Sebastião da Silva, que estava à paisana, foi executado em Campo Grande, também na Zona Oeste, quando saía de um depósito de bebidas do bairro. Ele foi atacado por três criminosos que ainda levaram a sua arma.

Um vídeo fornecido pelo depósito mostra o momento em que o PM foi atacado: ele chegou a ser empurrado antes de levar um tiro nas costas.

O outro policial, Mike Cruz, que era lotado no 7º BPM (São Gonçalo), foi atacado durante patrulhamento no Morro da Cabrita, em São Gonçalo. O militar não resistiu e morreu. 

Você pode gostar