Confusão entre guardas municipais e desabrigados

Tumulto, na Cinelândia, envolveu famílias que estavam em prédio no Flamengo

Por O Dia

Rio - Uma denúncia de roubo terminou com a prisão de dois jovens e causou tumulto entre guardas municipais e ex-ocupantes do Edifício Hilton Santos, no Flamengo, que estão acampados na Cinelândia, no Centro. Um bebê quase foi atingido por uma bomba de gás lacrimogêneo durante uma ação da guarda, na madrugada desta terça-feira.

GALERIA: Ex-ocupantes de prédio e Guarda Municipal entram em confronto no Centro

A vítima teria reconhecido como um dos assaltantes um dos desabrigados, que contestam. “O moço estava desnorteado. O guarda pegou o menino e disse: ‘É esse aqui não é?’ O menino tinha acabado de descer do ônibus. Não foi ele”, afirma Tatiane Barbosa, 24 anos, que está no local com três filhos de idades entre 2 e 7 anos.

Nesta terça-feira pela manhã%2C o clima ainda seguia tenso na CinelândiaFernando Souza / Agência O Dia

O clima ficou tenso na região, e os bares fecharam mais cedo. Na confusão, um dos vidros do protótipo do VLT parado na Cinelândia foi quebrado a pedradas.

Os guardas levaram os presos para a 5ªDP (Mem de Sá). Eles informaram que a vítima foi assaltada na Avenida Rio Branco por cinco jovens, um deles com facão. Um suspeito foi visto deixando a bolsa da vítima na entrada da estação do metrô e se misturando aos desabrigados na Cinelândia, onde foi detido. Com a resistência, houve o tumulto. Na delegacia, segundo policiais civis, o acusado foi novamente reconhecido pela vítima.

Os ex-ocupantes protestaram contra a acusação ao rapaz, e teve início o tumulto. Agentes do Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Guarda Municipal intervieram. Segundo os desabrigados, houve lançamento de bombas de gás lacrimogêneo. Bruno Leonardo, de 28 anos, que está acampado com a mulher e três filhos, diz que o menor deles, Ryan, de seis meses, só não sofreu os efeitos do gás porque foi rapidamente retirado por um desabrigado.

LEIA MAIS: Grupo que invadiu prédio do Flamengo ocupa a Cinelândia

De acordo com os desabrigados, por volta das 23h, dois menores passaram correndo em fuga pela praça. Em seguida, apareceu um integrante da guarda e um homem que tinha sido vítima de assalto.

Últimas de Rio De Janeiro