Idoso ferido em obra do metrô continua a respirar com auxílio de aparelhos

Homem foi atingido por placas de concreto quando passava pela Praça Nossa Senhora da Paz e segue em estado grave

Por O Dia

Rio - O idoso atingido por placas de concreto da obra da Linha 4 do metrô, em Ipanema, continua internado em estado grave no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital São Lucas Copacabana. Segundo a instituição na manhã desta sexta-feira, o quadro de saúde de Agrícola de Souza Bethlem, de 87 anos, não teve alteração e ele ainda respira com a ajuda de aparelhos. Ele foi internado com graves lesões no tórax e no crânio.

Agrícola Bethlem é professor da Escola de Negócios UFRJDivulgação UFRJ

Agrícola é professor da Escola de Negócios UFRJ e sofreu o acidente quando passava pela Praça Nossa Senhora da Paz, na manhã desta quarta-feira, por volta das 11h45.

As placas de concreto ficam empilhadas no local e caíram sobre ele na Rua Visconde de Pirajá.

O secretário estadual de Transportes, Carlos Osório, declarou que o acidente ocorreu por conta de uma movimentação no terreno, mas garantiu que a escavadeira ‘Tatuzão’ não estava operando no momento do acidente.

Em nota, a Linha 4 do Metrô informou que as peças de concreto estavam estocadas no canteiro de obras da Linha 4.

O consórcio afirmou que as aduelas – anéis de concreto que formam os túneis do metrô — caíram sobre a calçada da Visconde de Pirajá e atingiram o pedestre.

Últimas de Rio De Janeiro