Corpo do colunista de Carnaval Kiko Alves é enterrado em Sulacap

Selminha Sorriso, Viviane Araújo, Neguinho da Beija-Flor e a musa da Portela Shayene Cesário estavam entre os presentes

Por O Dia

Rio - Personalidades do mundo do samba e familiares se despediram ontem do produtor de Carnaval Kiko Alves. Cerca de cem pessoas estiveram no enterro, que aconteceu às 13h30, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste. Sobre o caixão, foi colocada uma bandeira da Mocidade Independente de Padre Miguel.

Kiko, que também era colunista do jornal ‘MEIA HORA’, morreu vítima de parada cardiorrespiratória no sábado. Neste domingo, amigos contaram que ele lutava, há meses, contra problemas de saúde e que também sofria de depressão.

Parentes e amigos vão a enterro do produtor de Carnaval Kiko AlvesFoto%3A Paulo Araújo / Agência O Dia

“Ele estava com a saúde debilitada e não queria que as pessoas vissem o seu estado. Mas como sou muito amiga, invadi a privacidade dele, porque achei necessário”, disse a porta-bandeira da Beija-Flor de Nilópolis, Selminha Sorriso.

Muito emocionada, ela conhece Kiko desde a adolescência. Foi ele quem a levou para desfilar na escola Estácio de Sá pela primeira vez, há cerca de 25 anos. Há duas semanas, Kiko entrou em contato com Selminha, pedindo um emprego. “Com a morte dele, fica um vazio muito grande”.

Também esteve no enterro a atriz Viviane Araújo, outra musa ‘descoberta’ pelo produtor. A rainha de bateria conheceu Kiko em 1996 e ele se tornou um amigo próximo, segundo ela. “O Kiko era muito divertido e incentivou tudo o que eu fiz na minha carreira. Era uma pessoa única, ou amavam ou odiavam. E eu amava muito”, contou Viviane.

Neguinho da Beija-Flor e a musa da Portela, Shayene Cesário, estiveram no enterro. Kiko nasceu no Ceará e morava em Realengo com os irmãos. Ele foi levado à UPA do bairro na noite de sexta-feira e o quadro foi diagnosticado como pneumonia.

GALERIA: Parentes e amigos vão a enterro de Kiko Alves


Últimas de Rio De Janeiro