Preso segundo assaltante suspeito de matar turista alemão

Orelha foi preso quando jogava bola em uma quadra na Comunidade dos Prazeres e agrediu os policiais

Por O Dia

Rio - André Luis Barcelos de Oliveira, conhecido como Orelha, de 19 anos, foi preso na manhã deste domingo por agentes da inteligência da CPP (Coordenadoria de Polícia Pacificadora). Junto com William Vieira dos Santos, Buiu, de 30, ele foi indicado pela Divisão de Homicídios (DH) da Capital como suspeito de esfaquear, durante assalto, o turista alemão Fred Nicfind, de 51 anos, no Centro, no último Carnaval. "Ele é perigoso e tem um histórico pesado", contou o delegado da 5° DP Marcelo Carregosa.

Preso suspeito de matar turista alemão durante assalto no Carnaval

Segundo suspeito de matar turista alemão durante o Carnaval foi preso no Morro dos Prazeres%2C em Santa TeresaMauro Pimentel / Agência O Dia

A operação foi feita juntamente com guarnições da UPP Prazeres e Falett Fogueteiro, no Centro da cidade. Ele foi encaminhado para a 5° DP (Mem de Sá) e em seguida para a DH. 

Orelha foi preso quando jogava bola em uma quadra na Comunidade dos Prazeres. Quatro policiais a paisana se posicionaram no local enquanto fardados fizeram cerco para que ele não fugisse.

Ao todo, 20 homens participaram da ação. Quando percebeu a aproximação da polícia, Orelha tentou fugir e agrediu os agentes. Ele se feriu e foi levado para uma UPA local antes de ser encaminhado para a delegacia.

Andre Luiz Barcelos de Oliveira%2C o Orelha de Vaca, após prisão em que reagiu e tentou fugir dos PMsDivulgação

Contra ele estavam abertos cinco mandados de prisão, incluindo um roubo na Estrada do Sumaré, contra uma turista portuguesa e o caso do turista alemão.

Orelha também é suspeito de participar do assalto ao cardeal arcebispo do Rio Dom Orani Tempesta.

William Vieira dos Santos foi preso na madrugada da última quinta-feira, por agentes do 5º BPM (Praça Harmonia), acusado de roubar e matar o turista alemão na Rua Uruguaiana, no Centro.

Ele foi preso no Largo da Carioca e, com ele, a polícia encontrou uma faca. A polícia chegou até ele após receber a denúncia de uma vítima de roubo, que reconheceu o criminoso na 5ª DP (Mém de Sá).

O alemão Nicfind chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Souza Aguiar, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A mulher do turista, Sybelle Jurth, de 52 anos, identificou André Luís como um dos autores do crime.

Reportagem: Amanda Prado

Últimas de Rio De Janeiro