Violência nas imediações da Lagoa faz nova vítima

Homem foi roubado no mesmo dia em que adolescente foi esfaqueado durante ataque no bairro

Por O Dia

Rio - Os casos de violência nas imediações da Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul do Rio, parecem se multiplicar. Após um aluno de remo do Clube de Regatas do Flamengo ser esfaqueado e roubado durante ataque, neste sábado pela manhã, à noite um homem também foi abordado por criminosos e teve a bicicleta levada. A vítima teria reagido, segundo a Polícia Militar, e precisou ser socorrido para o Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon. Não foi confirmado, porém, se o homem foi ferido com uma faca, como foi o caso no adolescente. 

De acordo com o comandante eventual do 23º BPM, Major Robson Dias, o crime ocorreu na Avenida Epitácio Pessoa, próximo à Cruzada São Sebastião, em Ipanema, e o caso foi encaminhado para a 14ª DP (Leblon).

Nova vítima não reconhece menores  

Na delegacia, no entato, o homem roubado na noite deste sábado não reconheceu os menores apreendidos por policiais militares 23º BPM (Leblon) na manhã deste domingo como autores do roubo. Segundo a Polícia Civil, vítimas de outros roubos estão sendo chamadas na 14ª DP para tentar identificar se os menores são autores de outros ataques. Equipes da delegacia fazem diligências para identificar a autoria deste novo crime.

Policiais em bicicletas reforçaram o patrulhamento nesta manhã na Lagoa Rodrigo de FreitasEstefan Radovicz / Agência O Dia

Aluno de remo do Flamengo reconhece menores que o esfaquearam


Últimas de Rio De Janeiro