Pelas Ruas: Tomada cultural

Galera da Sinfônica Ambulante comemora quatro anos

Por O Dia

Rio - A forma que a galera da Sinfônica Ambulante arrumou para comemorar seus quatro anos foi juntar um grupo ainda maior de “artistas-de-todo-dia” para uma grande bagunça. No próximo domingo eles prometem tomar o Campo de São Bento, em Niterói, com a Tomada Cultural, um grande encontro de música, dança, teatro, poesia, malabarismo, fotografia, pinturas, circenses, pernas de pau e tudo mais que chegar. “Não tenham medos nem vergonhas, a festa está aberta”, diz Edison Matos, um dos organizadores.

No próximo domingo eles prometem tomar o Campo de São Bento%2C em Niterói%2C com a Tomada CulturalDaniel Rangel / Divulgação

Criações da Baixada

OTerritório Baixada, ciclo de encontros sobre os processos de criação da Baixada Fluminense, começou ontem e vai até 15 de julho na Vila Olímpica de Nilópolis. Artes Visuais, Cultura Digital, Patrimônio Imaterial, Redes e Estética, Cultura Urbana, Saraus e Ocupação de Espaços Públicos serão os eixos de debates. Na quarta-feira, dia 6, haverá homenagem ao Centro Cultural Donana, que resiste há três décadas em Piam, Belford Roxo. No local, será inaugurada ainda a exposição ‘Percursos e Trânsitos: Viva Donana!’.

Suf Garage

Eles fazem o maior sucesso com seu som surf garage psicodélico instrumental pelas ruas do Rio. Já foram vistos nas praças XV, Nelson Mandela, Saens Pena, Arcoverde, São Salvador, Feira do Lavradio, Praia de Ipanema e por aí vai. São os Beach Combers. E, como eles dizem, surfam sem medo na onda instrumental, mesclando o som das guitarras magnéticas da surf music à trip lisérgica de garagem dos anos 60. A agenda está à disposição no site da banda. Vale conferir.

Surf Garage%3A Psicodélico instrumental pelas ruas do RioFelipe Diniz / Alto Estudio / Divulgação

Portas abertas

A Escola de Música Villa-Lobos participa amanhã do Circuito Tiradentes Cultural com o projeto Villa-Lobos de Portas Abertas, de 11h às 15h. Haverá visita guiada e oficinas gratuitas de percussão e de confecção de instrumentos com profissionais como Mestre Riko e Federico Klurfan. O público poderá ainda acompanhar a gravação de um CD no estúdio da escola. Inscrições pelo contato.emvl@funarj.rj.gov.br.

Sons da cidade

De cá pra lá, lá vão eles animando as idas e vindas dos cariocas no metrô, ônibus, praças e calçadas. Quem quiser conhecer o trabalho da moçada que integra o Som da Paz pode ir, no próximo domingo, ao Quiosque da Globo, em Copacabana. No repertório, versões instrumentais de This Masquerade (George Benson), Wave, Desafinado, Corcovado (Tom Jobim), Amazonas (João Donato), Flor de Liz (Djavan).

Confetes

A festa Dagema sobe o Morro da Babilônia amanhã, com música brasileira, jazz, samba, forró, maracatu e samba rock. O espetáculo do pôr do sol é de tirar o fôlego! No Bar e Espaço Cultural Estrelas da Babilônia, de graça.

Tem Bingo do Trabalhador na Praça da Harmonia hoje, a partir de 12h, projeto do grupo Estiva, Esporte, Lazer e Cultura. Além do jogo, em torno do coreto, haverá barraquinhas, brincadeiras e distribuição de cachorro-quente e refrigerante.

Domingo, às 18h, o Quarteto Brasileirinho, formado há mais de 50 anos por músicos da Zona Oeste, tocará choro e sambas consagrados. Entrada franca, no Santa Cruz Shopping.

Neste domingo a Feijoada do Cosme Velho faz aniversário em grande estilo. Os convidados são Margarete Mendes e Banda Mojubá, Samba d’Antiga e Jorge Aragão. Na Rua dos Guararapes 1, às 13h. 

A exposição ‘Elifas Andreato: Contornos da Música Carioca’ apresenta o trabalho do artista gráfico sobre a música produzida no Rio, a partir de representações cenográficas e de uma seleção de obras e capas de discos que marcaram época. No Centro de Referência da Música Carioca, na Tijuca, de graça.

Coluna por Rita Fernandes

Últimas de Rio De Janeiro