Polícia prende acusados de matar taxista em Realengo

Carlos Paredes Dias Neto foi morto após discussão em casa de shows no último sábado

Por O Dia

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital prenderam, nesta sexta-feira, dois homens acusados do homicídio de Carlos Paredes Dias Neto, taxista morto em Realengo, Zona Oeste do Rio, na manhã do último sábado.

Segundo os agentes, a vítima foi morta após uma discussão, em uma casa de shows. Carlos foi perseguido pelos autores e baleado, na Avenida de Santa Cruz.

Com os acusados, foram apreendidos um carregador de pistola e munição 9mm, o mesmo calibre usado no crime. Além disso, duas pessoas foram presas em flagrante durante a ação. As investigações estão em andamento para identificar um terceiro envolvido.

Últimas de Rio De Janeiro