Comandante-geral do Corpo de Bombeiros pede exoneração

Subcomandante vai assumir o cargo que foi entregue, segundo nota, por razões pessoais

Por O Dia

Rio - O secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Sérgio Simões, pediu exoneração dos cargos e vai deixar a pasta que ocupa desde 2011. A decisão foi acordada na manhã desta quarta-feira, no Palácio Guanabara, e motivada por razões pessoais.

O subcomandante do Corpo de Bombeiros e chefe do Estado-Maior, coronel Ronaldo Jorge Brito de Alcântara vai assumir os cargos a partir de segunda-feira (11.05).

Últimas de Rio De Janeiro