Motorista que matou duas pessoas estava a pelo menos 100 km/h

Diogo Barreira conduzia o carro em uma via que tinha velocidade máxima de 60 km/h

Por O Dia

Rio - A conclusão dos peritos que estiveram no local, nesta quarta-feira, onde foram atropelados Sarah Corrêa e Paulo Coelho Soares, foi que o carro conduzido por Diogo Barreira estava a pelo menos 100 km/h no momento do acidente. Na via, Estrada dos Bandeirantes, no Recreio, na Zona Oeste do Rio, a velocidade máxima é de 60 km/h. Por isso, o motorista será indiciado por duplo homicídio doloso - quando se tem a intenção de matar. 

Sarah Corrêa%2C de 22 anos%2C morreu%2C após ser atropelada%2C na noite da última sexta-feira%2C em JacarepaguáReprodução

Entenda o caso

'É a pior dor do mundo', desabafa mãe de nadadora atropelada e morta

Homem atropelado no mesmo local que nadadora é enterrado na Zona Oeste


Últimas de Rio De Janeiro