Por marlos.mendes

Rio - O pessoal de Pernambuco sentiu falta de representantes do Rio de Janeiro na missa que, domingo, abriu o processo de canonização de Dom Helder Câmara, que foi bispo auxiliar por aqui.

A Arquidiocese do Rio diz que não participa do processo porque a demanda foi aberta pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom fernando Saburido.

A campanha pelo "bispo vermelho" enfrenta resistência de prelados mais conservadores, como Dom Antonio Duarte, auxiliar no Rio, e Dom Fernando Rifan, tradicionalista de Campos.

Você pode gostar