Por paulo.gomes

Rio - Foi preso na noite de quarta-feira, Orlando Costa da Fonseca, conhecido com Taz. Ele é apontado como integrante de uma milícia que atua na Gardênia Azul, na Zona Oeste, e foi encontrado na casa da namorada, que fica no mesmo bairro, pelos policiais da 32ªDP (Taquara).

Segundo informações, Taz participou do assassinato de Carlos Henrique Perdomo Diniz, conhecido como CH, em janeiro deste ano. A vítima foi baleada na Avenida Isabel Domingues, na Gardênia Azul, quando estava em sua moto, e o crime teria sido cometido por disputas territoriais no bairro. No mês passado, os policiais já haviam prendido Gilberto Leite, o Giba, também acusado de participação do homicídio.

As investigações apontam que Taz faz parte de um grupo de milicianos responsável por homicídios e guerras com traficantes da Cidade de Deus, que já levou a morte pessoas envolvidas com os crimes e inocentes.

Você pode gostar