Por luis.araujo

Rio - O presidente do Tribunal de Justiça do Rio, Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, suspendeu na noite desta sexta-feira a liminar concedida pela 6ª Vara de Fazenda Pública que proibia ruídos acima de 55 decibéis, entre 22h e 7h, nos canteiros de obras da Linha 4 do metrô.

Saiba mais: Justiça limita ruídos em obras da Linha 4 do metrô

O pedido de suspensão da liminar foi feito pela Procuradoria Geral do Estado do Rio (PGE). A decisão do TJ tem efeito imediato, e com isso, a obras noturnas da Linha 4 do metrô, nas estações Jardim e Alah e Antero de Quental, serão retomadas ainda hoje.

A decisão liminar atendia a uma ação do Ministério Público, movida por um grupo de moradores, no último dia 20.





Você pode gostar