UPP prende acusados e apreende arma, granada e drogas na Providência

Acusado de tráfico, conhecido como Nikito, foi baleado ao reagir uma abordagem da PM na comunidade

Por O Dia

Rio - Dois homens foram presos, sendo um deles baleado, após serem abordados por policiais do Grupamento Tático de Polícia Pacificadora (GTPP) da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro da Providência, no Centro do Rio, na madrugada desta quarta-feira.

Segundo PMs, a dupla estava de moto próximo a localidade conhecida como Pedra Lisa quando o que estava na garupa teria tentado atirar quando percebeu que eles seriam abordados e houve revide. Ele foi ferido por um tiro de fuzil na região lombar.

Drogas, pistola e granadas apreendidas com presos no Morro da ProvidênciaDivulgação

Com a dupla, os PMs apreenderam uma pistola calibre 40, duas granadas, 720 papelotes de cocaína, 274 trouxinhas de maconha e 240 pedras de crack. O ferido está internado Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Ele foi identificado como Vinícius Claudio Silva de Abreu, de 19 anos, conhecido como Nikito.

Ainda segundo a UPP, Nikiti é apontado como gerente e braço direito dos traficantes David Edson Fernandes Lins, o Dois, de 28 anos, e de Evanilson Marques da Silva, o Dão da Providência, 46, que controla as bocas-de-fumo que ainda funcionam na comunidade. O Disque-Denúncia oferece recompensa de R$ 1 mil e R$ 2 mil, respectivamente, pela captura deles.

Na noite de terça-feira, os policiais da UPP Providência já tinham apreendido drogas na região. Em patrulhamento de rotina na Rua do Livramento eles avistaram um menor conhecido como Bigodinho ou Bochecha vendendo drogas. Ao ver os PMs, o suspeito fugiu deixando para trás 333 papelotes de cocaína, 70 pedras de crack e 40 trouxinhas de maconha. As duas ocorrências foram registradas na 5ª DP (Mém de Sá).

Últimas de Rio De Janeiro