Prefeito de Paraty sofre atentado e assessor dele é baleado na cabeça

Carlos José Gama Miranda, o Casé, foi atingido de raspão no braço. Já o assessor, foi encaminhado para hospital em Angra

Por O Dia

Prefeito de Paraty%2C Casé%2C como é conhecido%2C foi baleado de raspão durante a atentadoReprodução Facebook

Rio - O prefeito de Paraty, Carlos José Gama Miranda (PT), 44 anos, o Casé Paraty, sofreu um atentado no início da noite desta terça-feira quando deixava a sede da da prefeitura do município.

Dois homens em uma moto dispararam dois tiros contra o prefeito, que foi atingido de raspão no braço. Assessor e primo do prefeito, Sérgio José foi baleado na cabeça e, em estado gravíssimo, levado para o Hospital da Praia Brava, em Angra dos Reis, para passar por cirurgia neurológica, segundo os bombeiros.

Homens do 33º BPM (Paraty) fazem buscas no município em busca de suspeitos e agentes da 167ª DP (Paraty) ouvem testemunhas.

Em nota, a prefeitura informou que ambos foram atigindos de raspão na cabeça, por apenas um bandido, e já estariam fora de perigo. “A Prefeitura de Paraty condena com veemência esse episódio gravíssimo de violência e agradece a solidariedade da população”, diz a nota.

Atendido no Hospital Municipal, Casé foi ouvido na 167ª DP (Paraty). Policiais do 33º BPM (Angra) buscam os suspeitos a partir de imagens das câmeras da prefeitura. No segundo mandato, Casé também é empresário e possui restaurantes e cachaçaria.

LEIA TAMBÉM: Nos últimos vinte anos, 42 políticos foram executados no estado do Rio

Últimas de Rio De Janeiro