Servidores do TRE serão ressarcidos por uso de celulares

Desembargadores receberão até R$ 500 por mês, outros terão direito a valores menores: R$ 466, R$ 330 e R$ 200

Por O Dia

Rio - Desembargadores, juízes auxiliares e diversos funcionários do Tribunal Regional Eleitoral terão direito a ser ressarcidos pelo uso de seus telefones celulares. A medida foi tomada pelo presidente do TRE-RJ, Edson Vasconcelos, e publicada na última edição do Diário da Justiça Eletrônico.

De acordo com o ato 222/2015, haverá quatro faixas para o ressarcimento. Os desembargadores poderão receber até R$ 500 por mês, outros funcionários terão direito a valores menores: R$ 466, R$ 330 e R$ 200.

Diminuição de custos
Procurado, o TRE afirmou que a medida é para “minimizar custos” dos que usam seus celulares para trabalhar.

Sem respostas
O Tribunal não respondeu a perguntas sobre número de beneficiados com o ressarcimento, gasto estimado e origem dos recursos que serão utilizados.

Paz e amor
Um dirigente do PT vê pelo menos uma vantagem na maré de acusações ao partido. Diz que a pancadaria gerou uma certa pacificação, alguns até voltaram a conversar com antigos adversários nas disputas internas.

Novo PT
Mas nem tudo é paz. Liderados pelo ex-ministro Tarso Genro, integrantes da corrente petista Mensagem ao Partido (entre eles, Lindberg Farias e Alessandro Molon) se reunirão sexta-feira, no Crea. Como o Informe anunciou no dia 25, eles defendem a formação de uma frente de esquerda e, no Rio, o rompimento com o PMDB.

Integrante da Mensagem, o ex-deputado Robson Leite diz que o grupo vai buscar a adesão de pessoas da sociedade civil. Um outro petista afirma que Tarso criará, no Rio, um instituto para discutir questões políticas.

Últimas de Rio De Janeiro