Uerj não terá aulas e protesto é organizado

Associação de professores convoca paralisação de todo o campi da universidade ao meio-dia de quinta-feira

Por O Dia

Rio - As aulas na Universidade do Estado do Rio (Uerj) vão parar. Esta é a informação divulgada na noite desta terça-feira pela Associação de Docentes da universidade (Asduerj). De acordo com a associação, as atividades docentes no campi serão paralisadas ao meio-dia, com aulas em apenas meio-período, nesta quinta-feira. A paralisação foi batizada de “dia de luta em defesa da universidade”.

Além da suspensão das aulas, ônibus com professores, funcionário e alunos sairão dos campi Maracanã, São Gonçalo, Duque de Caxias, além do CAp-Uerj, para um protesto em frente à sede do governo estadual, no Palácio Guanabara, em Laranjeiras. A concentração será às 13h no Largo do Machado.

Crise na universidade motivou paralisação de professores, que farão protesto na quinta-feiraUanderson Fernandes / Agência O Dia

Convivendo com graves problemas que afetam diretamente a instituição desde 2014, entre as reivindicações, os professores querem reajustes salariais e normalização dos pagamentos a funcionários terceirizados de segurança, limpeza e manutenção. Alguns setores da universidade sofrem inclusive com lixo acumulado.


Últimas de Rio De Janeiro