Vídeo: Motorista registra momento em que manifestantes protestam na Ilha

Grupo de moradores do Morro do Dendê seguia pela Estrada do Galeão; Um ônibus chegou a ser apedrejado no protesto

Por O Dia

Rio - Moradores do Morro do Dendê, na Ilha do Governador, que prostetavam na tarde desta terça-feira em frente à 37ª DP (Ilha do Governador) contra a morte de duas pessoas da comunidade, foram dispersados por agentes e um ônibus foi apedrejado na Estrada do Galeão. Ao cercar e dar socos em uma viatura da Polícia Civil, o grupo foi contido pelos agentes, que usaram bombas de gás para tentar dispersar os manifestantes. O comércio da região fechou as portas.

Manifestantes entram em conflito com policiais na Ilha do Governador

Em vídeo postado nas redes sociais, um motorista filmou o momento em que o grupo seguia por uma das principais vias da região. É possível ver que alguns levam cartazes e pedaços de madeira. Ao investir contra um ônibus, os moradores são dispersados por agentes e é possível reconhecer um dos agentes, Luiz da Silva Machado, conhecido como "Cowboy", se posiciona à frente de outros policiais e puxa um facão, afastando os manifestantes. 

Operação da polícia deixa mortos na Ilha do Governador

Ônibus foi apedrejado durante o protesto de moradores do Morro do DendêReprodução Facebook

Em um dos cartazes exibidos ao motorista, o morador escreveu: "Governo fascista e opressor. Paz e justiça para os injustiçados". Narrando o que ocorreu, o motorista conta que achou que o agente fosse disparar nos manifestantes. 

Nos vídeos abaixo, moradores registram queixas contra a ação da Polícia Civil e filmam helicópteros sobrevoando a comunidade. Em uma das filmagens, uma mulher acusa os agentes de esguichar spray de pimenta no rosto de uma grávida. 






Últimas de Rio De Janeiro