Polícia recupera carro, cadeira de rodas e handbike de cadeirante assaltado

Eduardo Câmara, que é paraciclista e voltava de competição, foi assaltado na Avenida Brasil, em Bonsucesso, no domingo

Por O Dia

Eduardo com sua bicicleta em competição Foto arquivo pessoal/ Reprodução Facebook

Rio - A história de Carlos Eduardo Câmara, 39 anos, cadeirante paraciclista que foi assaltado no último domingo na Avenida Brasil, em Bonsucesso, quando voltava de uma competição, teve um final feliz. Agentes da 21ª DP (Bonsucesso) recuperaram o seu carro, adaptado para cadeirantes, sua cadeira de rodas e a handbike (bicicleta adaptada para atletas com deficiência), além de outros pertences. O bom desfecho foi divulgado pelo próprio Eduardo.

"Consegui recuperar minha bike, minha cadeira (já estou sentadinho nela), minhas rodas, meu carro e praticamente tudo que estava dentro no dia do assalto! Quando o pessoal abriu meu carro e vi a bike lá dentro me emocionei! (...) Foi difícil segurar o choro e a emoção por encontrar minha cadeira que me dá tanta autonomia e a bike que me deu, dá e - tenho certeza - dará tantas alegrias!", revelou em sua conta no Facebook.

Um dos itens não recuperados foi o troféu de terceiro lugar, conquistado no dia do assalto. "Infelizmente, uma das coisas que não recuperei foi o troféu da prova de domingo. Sendo assim, vou ter que conquistar outros para colocar na prateleira", disse.

Carlos Eduardo Câmara, conhecido pelos amigos como Dado, foi assaltado por volta das 16h no estacionamento do McDonald's da Avenida Brasil, altura da entrada da Linha Amarela em Bonsucesso, ao voltar de uma competição em Japeri, na Baixada Fluminense.

LEIA: Cadeirante é assaltado ao voltar de competição no Rio

Segundo Eduardo, três bandidos armados com uma pistola o pararam e levaram seus pertences. "Apesar de ter dito que era cadeirante, os bandidos me tiraram do carro e o levaram junto com minha bike, minha cadeira de rodas, algo que eu achava que nunca ia acontecer", conta. O caso foi investigado pela 21ª DP (Bonsucesso).

Troféu conquistado por paraciclista no último domingo%3A Infelizmente não foi recuperadoReprodução Facebook

Na ocasião, foram levados o veículo VW Golf GTI Vermelho 2013/2014, uma cadeira de rodas TiLite preta, Handbike Top End Force RX preta, rodas de carbono Corima 650c, roda traseira de carbono 650c com cubo powertap G3, roda traseira de alumínio 650c com cubo powertap SL+, capacete Giro Atmos branco tamanho M, computador Garmin 810 + Cinta cardíaca, três camisas de ciclismo, dois óculos e mochila de hidratação.

"Obviamente estou muito chateado com tudo isso, até porque quem conhece melhor minha história sabe que não é a primeira vez que sou vítima desse tipo de violência. Levarem minha cadeira de rodas é algo muito baixo, e realmente me limita muito. Fizeram serviço completo e levaram tudo que uso para treinar e competir", lamentou, em entrevista ao DIA Online, na última segunda-feira.

?Com informações de Karilayn Areias

Últimas de Rio De Janeiro