Turista reage a assalto na Glória e leva facada no pescoço

Chilena estava tomando sol quando foi atacada em local de grande movimento da Glória; ela reagiu e foi ferida no pescoço

Por O Dia

Rio - Mais uma vítima foi esfaqueada no Rio. Desta vez, uma turista chilena foi atacada na Praça Paris, na Glória, Zona Sul da cidade, na tarde desta sexta-feira. Segundo moradores, Izidora Ribas Carmona, 32 anos, estava tomando sol no parque com o cachorro quando foi abordada. O assaltante roubou o celular da mulher, que reagiu. Ela foi ferida no pescoço com uma faca de açougueiro. O criminoso fugiu com o aparelho da vítima. Izidora estava com visto de estudante no Brasil e morava há dois anos no Rio.

LEIA MAIS:

Suspeito de matar cinegrafista é preso roubando com faca no Centro

Polícia acha bicicletas roubadas e facas em condomínio de menor

Mais de 220 pessoas morreram em 2014 vítimas de armas brancas

Bombeiros do quartel Central e o 2º BPM (Botafogo) foram acionados para a ocorrência. Izidora foi levada para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Ela já levou ponto e deve ser liberada ainda nesta tarde. Segundo pedestres, o criminoso já estava observando a vítima antes de atacá-la. Ele teria esperado 20 minutos até assaltá-la. A turista, que está hospedada em um hostel na Lapa, estava no fim do parque, já próximo à Lapa. O parque não é patrulhado pela Polícia Militar. A Guarda Municipal é responsável pela fiscalização e segurança da área. No entanto, a turista estava longe dos guardas quando foi assaltada e o criminoso fugiu.

Turista chilena é esfaqueada em assalto na Praça Paris%2C na GlóriaAlessandro Costa / Agência O Dia

Segundo o comandante do 2º BPM, tenente-coronel Márcio Oliveira Rocha, o espaço é fechado e o patrulhamento só se faz na área externa. O comandante afirmou que o policiamento no bairro já estava reforçado: "Temos 12 policiais que patrulham desde Botafogo até a área do parque. Dentro do parque nunca houve patrulhamento, porque é da responsabilidade da Guarda Municipal". 

Morador do bairro, o auxiliar administrativo Rogério Roberto da Silva, 35, chegou a ver o homem antes de ele atacar a vítima. Segundo a testemunha, o criminoso era branco e dtinha aproximadamente 25 anos. "Ele ficou 'filmando' ela de longe por uns 20 minutos. Eu achei estranho. Até que depois ela a atacaou,e  as pessoas com medo saíram correndo. Algumas correram para socorrê-la, e como eles estavam longe, o homem conseguiu fugir andando. Nem chegou a correr", contou. 

Uma equipe de produção estava fazendo uma gravação quando ocorreu o assalto. Porém, não houve tempo para socorrer a vítima. As pessoas pararam o trabalho e houve pânico e correria. 

Casos de roubos com facas assustam cariocas

Os casos de assaltos a pedestres com uso de armas brancas, como facas e tesouras, têm sido recorrentes e ganharam ainda mais repercussão após a morte do médico Jaime Gold, de 55 anos, na Lagoa Rodrigo de Freitas. A vítima foi atacada com uma faca por um menor de 16 anos, na noite de terça-feira. 

Policiais da DH encontraram bicicletas, facas e tesouras no prédio de menor suspeito de esfaquear médico na Lagoa%3B material estava em condomínio em ManguinhosDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

Nesta quinta-feira, policiais da Divisão de Homicídios apreenderam o adolescente suspeito de cometer o crime em seu condomínio em Manguinhos. No local, foram encontradas diversas facas e tesouras usadas nos assaltos praticados pelo menor. 

Na noite desta quinta-feira, a polícia também prendeu outro homem acusado de assaltar o dono de um bar no Centro com uma faca. O acusado ainda é suspeito de participar de tiroteio entre traficantes e PMs que resultou na morte do cinegrafista da TV Bandeirantes, Gelson Domingos, em novembro de 2011, na Favela de Antares, em Santa Cruz, na Zona Oeste. A namorada dele, de 15 anos, que estaria grávida, foi apreendida. Ambos foram reconhecidos pelo funcionário. Os pertences da vítima foram recuperados.

Colaborou Paulo Lima

Últimas de Rio De Janeiro