PMs ficam feridos em ataque de criminosos em Honório Gurgel

Caso ocorre após reativação de torre blindada da Polícia Militar

Por O Dia

Rio - Policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda) tiveram escoriações e fraturas pelo corpo após trocarem tiros com criminosos na Rua Ururaí, em Honório Gurgel, Zona Norte do Rio, na madrugada deste sábado. O tiroteio deixou marcas na viatura em que os PMs estavam e, após o confronto, os bandidos conseguiram fugir.

A suspeita do comandante do batalhão, Roberto Garcia, é que a ação dos criminosos foi motivada por ordem, no último dia 14, para reativar uma torre blindada da Polícia Militar, em Coelho Neto, bairro vizinho. Mesmo após o ataque, Garcia afirmou que continuará reforçando a segurança no local.

PMs faziam uma ronda quando foram atacados por criminosos em Honório Gurgel%2C segundo informou a Polícia MilitarWhatsApp O DIA (98762-8248)

"Os dois policiais não foram baleados, eles ficaram feridos. Eles estavam se deslocando da região quando marginais disparam contra eles", relatou o comandante. Um dos PMs teve o nariz fraturado e o outro a mão. "Isso ocorreu depois de reativamos a cabine blindada, que estava fechada. É inaceitável uma torre blindada desativada. Ainda mais em uma área conflagrada", acrescentou.  

Segundo Garcia, que assumiu o comando do batalhão no dia 28 de fevereiro deste ano, a torre, que hoje conta com dois policiais, passará a ter mais um na próxima semana. O comandante diz que a unidade já estava desativada quando assumiu o batalhão. Também segundo ele, a região é conhecida por ser "cheia de traficantes e notoriamente uma área conflagrada', repetiu. 

Cabine blindada da PM%2C que estava desativada%2C fica entre duas comunidades%2C morros do Jorge Turco e Faz Quem Quer, em Coelho NetoReprodução Google Maps

A unidade blindada, que fica aproximadamente a 500 metros da Avenida Brasil, em Coelho Neto, fica entre duas comunidades não pacificadas: os morros Jorge Turco e Faz Quem Quer, próximos à 40ª DP (Honório Gurgel). 

Corpo é encontrado carbonizado na mesma região

Também neste sábado, pela manhã, policiais do 9º BPM e homens do Corpo de Bombeiros encontraram um corpo parcialmente carbonizado dentro de um Fox Branco, na Rua Lucinda Barbosa, em Quintino. Segundo os policiais, o corpo seria de uma mulher e foi encontrado no banco de trás do veículo. A Divisão de Homicídios da Capital assumiu o caso. 

Corpo estava em banco traseiro do carro%2C um Fox Branco. Policiais relatam que o cadáver seria de uma mulher WhatsApp O DIA (98762-8248)


Últimas de Rio De Janeiro