Homem é preso por matar duas ex-namoradas por ciúmes na Baixada

Leandro Fernandes Gonçalves, de 36 anos, estava tentando matar a atual, que registou queixa de ameaça na delegacia

Por O Dia

Leandro é acusado de matar duas ex-namoradasDivulgação

Rio - Policiais da Delegacia de Atendimento Especial à Mulher (Deam) de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, prenderam na manhã desta terça-feira um verdadeiro serial killer de companheiras. Foragido desde 2006, por outros dois assassinatos a ex-mulheres no município, Leandro Fernandes Gonçalves, de 36 anos, estava tentando matar a atual, que antes de virar uma nova vítima procurou a especializada para registrar queixa de ameaça.

A "jornada" de Leandro no crime começou em 2000, quando matou a primeira namorada. Logo em seguida foi a vez Luciana Martinez Alves, de 20 anos, ser executada com um tiro na nuca, em 2002. Ele, que trabalha com manutenção de geradores, foi preso a caminho do trabalho, na altura do mercadão da Penha. O criminoso possui dois mandados de prisão preventivas por homicídio qualificado pelas mortes.

De acordo com agentes da Deam/São João de Meriti, que investigavam o acusado há dois meses, em depoimento, Leandro nega todos os crimes. No entanto, em todos os inquéritos investigados pela polícia, a principal motivação seria ciúmes da parte dele.

O criminoso ainda vai responder por ameaça a atual companheira, que estava com ele há 10 anos e já estava separada, quando ele entrou na casa dela e vasculhou as mensagens dela com ex-namorado.

"Com a prisão do Leandro a gente espera que a Justiça seja feita e deem continuidade aos processos, porque o comportamento revela uma extrema violência. Certamente, com a prisão evitamos uma terceira morte", afirmou a delegada Sandra Ornellas, titular da especializada.

Últimas de Rio De Janeiro