UFF suspende atividades do prédio da reitoria após ameaça de invasão

Universidade reconhece que está com problemas financeiros

Por O Dia

Rio - A Universidade Federal Fluminense (UFF) suspendeu nesta terça-feira as atividades no prédio da reitoria, no bairro de Icaraí, em Niterói, na Região Metropolitana. Segundo a nota oficial, a decisão aconteceu após ameaças de o prédio ser invadido por movimentos grevistas.

A medida, de acordo com a nota oficial, tem como objetivo "resguardar a realização de atividades essenciais que atendem à comunidade universitária, tais como o fechamento da folha de pagamento, o pagamento de bolsas aos alunos, bem como atendimento de serviços de saúde essenciais, além da preservação do patrimônio público da universidade".

LEIA MAIS: Alunos da UFRJ ocupam reitoria

A UFF ainda reconheceu que passa por uma crise financeira, com prejuízos pontuais para algumas atividades. No último dia 14, alunos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que também passa por problemas financeiros, ocuparam a reitoria da instituição. Eles reivindicaram pagamentos a terceirizados e abertura de edital que garanta bolsa permanência a calouros.

Últimas de Rio De Janeiro