Armeiro do tráfico é preso na Av. Brasil

Policiais afirmam que Antonio de Pádua Claudiano de Macedo, 39 anos, é quem fabrica e forja armas para o Comando Vermelho, mas, oficialmente, as polícias Civil e Militar negam

Por O Dia

Antonio de Pádua Claudiano de Macedo%2C de 39 anos%2C foi preso na Avenida Brasil%2C nesta quinta-feiraDivulgação

Rio - Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira na Avenida Brasil, altura da Estrada João Paulo, que dá acesso ao Complexo do Chapadão, em Costa Barros, Zona Norte do Rio. Segundo os policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE), que fizeram a prisão, Antonio de Pádua Claudiano de Macedo, 39 anos, seria armeiro da facção criminosa Comando Vermelho, no entanto, esta informação não é confirmada oficialmente pelas polícias Civil e Militar.

De acordo com os policiais, Antonio foi armeiro de Diucimar Pereira, o Popeye, traficante do Complexo do Alemão morto em fevereiro de 2014, e de traficantes da Cidade de Deus e do Complexo do Chapadão, comunidades que foram ou são dominadas pela facção criminosa.

A prisão ocorreu durante a Operação Carga Segura, cujo objetivo é evitar o roubo de cargas. Na versão dos PMs, Antonio seguia pela Avenida Brasil em um Celta preto, placa KYN-0970, ano 2007, quando foi abordado. "Ao fazer a revista no interior do veículo foi encontrado por dentro do forro da porta traseira uma pistola Glock calibre 45 com dois carregadores e mais um saco de munições", afirmou um militar.

Segundo ele, uma pistola Glock calibre 45 com dois carregadores com 21 munições intactas e um saco com 13 munições de 9mm, além de R$ 260 em espécie, teria sido encaminhado à 39ª DP. Na delegacia, teria sido constatada a ligação de Antonio, que possuí várias passagens, com a facção criminosa. Ainda segundo os militares, ele teria confessado que transforma pistolas Glock colocando kits rajada.

Pistola e munições apreendidas com AntonioDivulgação

Em nota, a Polícia Civil disse que, de acordo com informações da 39ª DP (Pavuna), ele foi preso em flagrante e que com ele foi apreendida apenas a pistola calibre 45. Segundo a corporação, Antonio responderá por porte ilegal de arma de fogo. A Polícia Militar informou que Antonio foi abordado pelos policiais em um veículo e, que após revista, foi encontrada uma pistola com dois carregadores e um saco de munição.

Últimas de Rio De Janeiro