Polícia prende acusado de balear dentista em Santa Cruz

Contra Leonardo de Lima Silva, de 20 anos, o Léo Vascaíno, havia um mandado de prisão expedido pela Justiça

Por O Dia

Rio - Policiais da 36ªDP (Santa Cruz) prenderam na noite desta quinta-feira um homem acusado de ser um dos participantes de um assalto no bairro de Santa Cruz, Zona Oeste, no ano passado, que terminou com um dentista baleado. Contra Leonardo de Lima Silva, de 20 anos, conhecido como Léo Vascaíno, havia um mandado de prisão expedido pela Justiça.

Leonardo de Lima Silva%2C conhecido como Léo Vascaíno%2C foi preso na noite de quinta-feira%2C pelos policiais da 36ªDP (Santa Cruz)Divulgação

De acordo com a polícia, em julho de 2014, um dentista estava parado com seu carro em um sinal de trânsito na Rua Tereza Cristina, na região central de Santa Cruz, quando foi abordado por três homens. Um deles armado com uma pistola exigiu que o profissional descesse do veículo. Ainda segundo os policiais, mesmo sem esboçar reação, o criminoso disparou um tiro no rosto do motorista. O trio fugiu em seguida sem levar o carro. A vítima foi socorrida e sobreviveu.

Segundo os policiais da 36ªDP, em depoimento na delegacia Léo Vascaíno assumiu sua participação no crime e disse que possui envolvimento com o tráfico de drogas na Favela de Antares, no mesmo bairro. A polícia também descobriu que ele gostava de se exibir nas redes sociais portando armas, como fuzis, e exaltando atividades criminosas.

Últimas de Rio De Janeiro