Por lucas.freitas
Pedro Arthur foi esfaqueado no tremReprodução Internet

Rio - Mais duas pessoas foram atacadas por criminosos com facas neste sábado no Rio. Com isso, já chega a 13 o número de vítimas de assaltos feridas por facas nos últimos 13 dias no Rio. O estudante de cinema e promoter Caio Cavalcante Alves, de 19 anos, sofreu ferimentos no tórax e pescoço por volta das 7h, quando saía da boate Clean Party, onde trabalha, na Rua Mem de Sá, na Lapa.


Acompanhado de dois amigos, ele foi abordado por dois assaltantes que queriam roubar o seu celular. Caio se negou a entregar o aparelho, e um dos bandidos o esfaqueou. Os infratores acabaram levando o telefone do rapaz e cerca de R$100. Os amigos da vítima não foram roubados. Com ferimentos superficiais, Caio foi levado para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, e liberado à tarde.

Assalto no trem

Também pela manhã, Pedro Arthur Santa Cruz, 18 anos, foi esfaqueado dentro de um trem da SuperVia, na altura de Quintino. Morador de Marechal Hermes, na Zona Norte, o rapaz estava ouvindo música no celular quando foi abordado por dois assaltantes dentro de um vagão. O adolescente, que está no 2º ano do Colégio Pedro II, reagiu e foi atingido duas vezes no braço. Ele foi encaminhado ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a vítima passou por cirurgia e seu estado de saúde é estável.

Você pode gostar